sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Glambox de Dezembro

 Querem saber o que veio na minha Glambox de dezembro? Já adianto que gostei muito!


O tema do mês foi Celebration, e caixa veio amarela com tampa azul marinho com estampa de paetês, bem condizente com a época. Veio tão cheia que a tampa nem encaixava totalmente.


Sinto falta de algum panfleto com mais informações dos produtos, como vinha antigamente, nem que fosse uma edição digital que se pudesse acessar pelo site depois de receber a caixa, para economizar papel. Como não tem nada, catei as descrições dos sites das marcas:


Shampoo e máscara capilar Carga de Aminoácidos, da Beautech (250g, R$ 33,21 a máscara e 300ml, R$ 29,90 o shampoo - não localizei site deles, então peguei a descrição da máscara da Glamshop mesmo - e eles não tinham o shampoo dessa linha)
A Máscara Beautech Aminoácidos hidrata profundamente seus cabelos. A Carga de Aminoácidos aliada a base hidratante, devolve a força, o brilho e a tonicidade dos cabelos mantendo-os hidratados e macios por mais tempo. Utilize toda a linha Aminoácidos da Beautech.

Acho bem estranho a marca não ter site e só vender na Glamshop, considerando que aparentemente eles tem uma linha até relativamente grande de produtos capilares... alguém sabe porque? Ainda não testei nenhum dos dois, e fiquei meio divida entre gostar ou não. Eu acabei de receber outra máscara da marca da glambox anterior, que é boa, mas nada digna de nota, então preferia ter recebido algo de outra marca pra conhecer. Mas por outro lado a proposta se encaixa nas necessidades do meu cabelo. Só experimentando para saber.




Luminesce Youth Restoring Cleanser (90ml, R$ 239,00 aqui)
Esse gel de limpeza suave para o dia a dia deixa a pele mais iluminada e macia. Ele limpa e faz a micro-esfoliação de células mortas da pele, preparando-a para absorver todos os benefícios da linha Luminesce.

A fórmula dele é bem interessante, com vários ácidos e alguns componentes hidratantes e calmantes - imagino que pela quantidade de ácidos diferentes seja um pouco complicado para peles mais sensíveis. No geral eu opto por limpadores faciais mais simples e deixo a parte da esfoliação para o final de semana ou para o serum, considerando que eu tenho um pouco de rosácea, mas com certeza vou testar para saber quais os efeitos. Preferia ter recebido uma máscara ou hidratante da linha, mas fiquei curiosa com esse cleanser (eu com certeza não teria a iniciativa de comprá-lo para testar com esse preço, sem nenhuma referência) e espero conseguir usá-lo.


Vivace Bleu, da Vallant (30 capsulas, R$ 139,00 aqui)
O que é: Vivace Bleu possui fórmula com Luteína, Zeaxantina, Vitamina C, E, cobre e zinco.
Para que serve: Possui ação antioxidante que protege as células, combatendo os radicais livres, além de reduzir os medidores de inflamação.

Eu tenho o costume de consumir multivitamínicos específicos para cabelo/unha/pele, principalmente por conterem cobre, zinco e selênio, que além de bons para a pele contribuem com o funcionamento cerebral. Estava acabando meu frasco (estava usando esse) quando chegou a minha glambox e, embora não sejam os mesmos componentes, estou aproveitando o Vivace para o mesmo fim. A não ser que você tenha um problema grave de saúde gerado pela falta de alguma vitamina/mineral, é difícil identificar claramente os resultados, já que eles trabalham muito mais na prevenção. Não acho que seja da melhor das ideias o envio de suplementos na caixa, considerando que é importante o aval de um médico antes de utilizá-los, mas especificamente pra mim eles estão sendo úteis. A faixa de preço está acima do que normalmente pago por esse tipo de produto, então com certeza não teria comprado por conta.

Óleo Mágico Spray Fluido Multiprotetor, DaBelle (75ml, 22,99 aqui)
Óleo em spray para todos os tipos de cabelo. Super leve, evita agressões ambientais, da escova ou prancha.

Estou com muitos finalizadores capilares em uso, e esse não me chamou muita atenção, então separei para mandar de brinde para alguma compradora da lojinha.

Amostras Imecap Creme Antirugas (um kit com a embalagem de 35g mais 30 capculas de Imecap Rejuvenescedor custa  R$ 95 aqui)
O que é: kit Imecap Rejuvenescedor é formado por creme e cápsula, que juntos atuam na prevenção de rugas e linhas de expressão. Mais resultados em menos tempo!
Para que serve: O creme possui nanotecnologia, o que permite uma melhor absorção pela pele. Além de contar a Coenzima Q10, que é um potente antioxidante que previne e combate o fotoenvelhecimento da pele. Além disso possui extratos tensores, vitamina A e vitamina C. As cápsulas são compostas por Colágeno Hidrolisado, Ácido Ascórbico, Selênio e Zinco. Juntos, agem de dentro para fora e de fora para dentro, proporcionando o cuidado ideal para a sua pele. Estudo clínico comprova*:
1 - Diminui as rugas e linhas de expressão dos olhos em até 97%;
2 - Melhora a aparência geral do rosto em até 97%;
3 - Aumenta a elasticidade da pele em até 85%;
Modo de usar: Creme: aplicar Imecap Rejuvenescedor em todo o rosto e pescoço, em movimentos ascendentes, até sua completa absorção. Para melhores resultados, usar o produto duas vezes por dia. Cápsulas: ingerir 1 cápsula por dia. Uso oral. Não contém glúten. Não contém calorias. Indicado para homens e mulheres.

Com 4 amostras minusculas, não dá pra falar muito além da textura. É bem emoliente e hidratante, absorvendo rápido. Particularmente prefiro hidratantes em gel.

E essa foi a minha caixinha! Embora não sejam produtos que me atrairiam na loja, quase todos serão aproveitados e são novidades pra mim, o que atende todo o propósito das caixinhas surpresa de assinatura. O custo/benefício foi ótimo, considerando que o cleanser e o suplemento são premium.
Pra quem também, assina, o que veio diferente pra vocês? Gostariam de ter recebido essa caixa? Já testaram algum dos produtos?

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Clean Freak

A resenha de hoje vai ser curtinha: é de outro produto que eu trouxe dos Estados Unidos, mas que é vendido aqui também, o Shampoo Seco Clean Freak Refreshing Dry Shampoo, da Not Your Mothers.



O meu é no "sabor" uncented e, realmente, não tem cheiro nenhum. Similar aos shampoos da Batiste, ele é um spray que contem basicamente um pó branco que absorve a oleosidade dissolvido em um tipo de álcool que evapora quase instantaneamente. Não deixa o cabelo duro e deixa menos resíduo branco que o da Batiste - a impressão que eu tenho é que o pó dele é mais fino, e por isso acumula menos. Cabelo macio, raiz matificada, um pouco mais de volume... enfim, tudo que se espera de um shampoo seco de qualidade.

Ta indisponível no momento na Sephora, mas o tubo igual o meu de 198gr custa R$ 85 e o pequeno de 45ml R$ 39- o que eu particularmente acho um pouco caro (Nos EUA ele é bem mais barato, cerca de 5 dólares). Ele é um pouco melhor que o Batiste na questão do resíduo branco, mas os resultados em si são bem parecidos e não compensa a diferença de preço (o Batiste de 150ml custa cerca de R$ 30).

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Caixa Colonial Dezembro

Vou mostrar pra vocês hoje a segunda caixa que recebi da Caixa Colonial, a edição de dezembro (a edição de novembro vocês conferem aqui - tem mais detalhes sobre a caixa lá)


Esse mês, os produtos também vieram embrulhados em uma toalha de mesa mas, infelizmente, não gostei nem um pouco da estampa. No panfleto com os detalhes dos produtos e da região, mostrava o desenho de uma outra estampa de toalha, que teria me agradado muito mais #chateada. Ela foi de brinde pra uma das compradoras da minha lojinha.


Nessa Edição, os produtos vieram de Venda Nova do Imigrante/Espírito Santo:

CAFÉ ESPECIAL MOÍDO
Venda Nova do Imigrante possui uma geografia montanhosa com diversos microclimas, favorecendo a produção de um dos melhores cafés do Brasil. A família Filete já está na terceira geração de cafeicultores, mas faz pouco tempo que descobriu ter qualidade de sobra para trabalhar com cafés especiais. Fabricio, um dos filhos de seu Arcino, se especializou em cursos de barista, abrindo também uma cafeteria na cidade de Ibatiba. Seu café possui acidez e corpo bem equilibrados, com paladar de frutas amarelas maduras.

Café bem gostoso, de torra média. Adoro esses cafés artesanais, pena que é difícil comprar mais...

PÉ DE MOLEQUE DE MACADÂMIA
O município vizinho de Castelo é conhecido por uma invenção deliciosa: o pé de moleque de macadâmia. Tudo começou quando as irmãs Marta e Lúcia resolveu substituir o amendoim do doce pela macadâmia produzida no sítio do seu tio. Não demorou muito para o pé de moleque “de Castelo” se tornar tradição no local, principalmente nas festas juninas, indo parar até no programa da Ana Maria Braga da Globo.

MUITO bom. Comeria quilos. Pena que só vieram 100g...



MASSA ARTESANAL VEGANA

A Familia Venturin chegou da Itália em 1893 e construiu um verdadeiro império em Venda Nova do Imigrante com vários negócios de sucesso. Sem perder sua essência italiana, a empreendedora Ana criou em seu restaurante uma linha de massas artesanais saborizadas com produtos naturais, sem aditivos químicos. Todo o processo de produção é visível aos clientes, uma mistura de ateliê com laboratório gastronômico. A massa parafuso tricolor não leva ovos e possui ingredientes como beterraba, espinafre, abóbora e alcafrão.

Bem gostosa, o único problema é que cada "sabor" de macarrão tem um tempo de cozimento diferentes enquanto a "amarela" estava al dente, a "verde" e a "roxa" já estavam quase desmanchando.


GELEIA DE TOMATE COM PIMENTA E ERVAS FINAS
 A família de Dona Dalva mora em um sítio que faz parte do agroturismo local e está sempre aberto ao público que queira experimentar suas deliciosas geleias, antepastos e licores. O atendimento familiar é um convite para uma boa prosa, enquanto o visitante degusta uma variedade de sabores. Destaque para a geleia de tomate com pimenta e ervas finas, uma iguaria instigante que harmoniza tanto com pratos doces como salgados.

Ainda não abrimos, mas achei bem diferente. Imagino que deva ficar bom com queijo numa bruschetta.

SOCOL
Se você não é do Espírito Santo, talvez nunca tenha ouvido falar do Socol, um embutido de lombo do porco, de receita italiana, preservada pelas famílias de Venda Nova. O processo consiste em temperar a carne, curar e armazená-la de forma artesanal por no mínimo 6 meses, sem o uso de conservantes. Dona Cacilca, 82 anos, foi a pioneira na região em produzir Socol. Hoje aposentada, é sua família que toma conta do negócio, com a ajuda da neta Gracci. Em 2018 o Socol recebeu com o título de Indicação Geográfica pelo INPI.

Realmente, eu nunca tinha ouvido falar. Tem um cheiro bem forte, mas é gostoso.

Infelizmente a caixinha já está esgotada... mas a de dezembro, de Joinville, está em promoção para compra avulsa e vem com um queijo bem interessante. A minha está nos correios já, deve chegar essa semana #ansiosa.
Quem assinar receberá como primeira caixa a de fevereiro, de Passa Quatro/MG, que já teve os produtos divulgados (Doce de Leite com capuccino #nhaminhami).