segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Máscara Detox Glamgirl


 Embora eu não tenha postado minhas caixinhas Glambox aqui já faz algum tempo, até mês passado eu ainda estava com a assinatura ativa. Nos últimos meses as caixas estavam vindo ótimas, com produtos interessantes e um custo-benefício espetacular, mas quem dá conta de usar tantos produtos? Pra evitar o desperdício e em busca de um consumo mais consciente, não renovei minha assinatura. Não descarto assinar novamente, mas primeiro preciso acabar com o "estoque" atual de skincare, antes que tudo vença!

Uma das novidades dos últimos tempos da Glambox foi o lançamento de uma marca própria, a Glamgirl, com preços bem interessantes. Em uma das minhas caixinhas recebi a Máscara Detox de Argila.


Ela é uma máscara bem simples, a base de de argila Kaolin (que limpa profundamente a pele) e glicerina (que repõe a hidratação da pele).

É uma pasta lisa, sem grânulos, cinza esverdeada.


Muito fácil de espalhar na pele, é aquelas que secam e "repuxam". O ideal é não deixar máscaras de argila secarem completamente, já que pode ressecar demais a pele, mas por ter glicerina não achei que foi muito agressiva.


Na hora de retirar, não é das coisas mais fáceis - gruda mesmo. Eu acho mais fácil borrifar a pele toda com água termal, pra amolecer um pouco, e só então massagear.

E depois, claro, sempre sigo um hidratante, já que a pele bem sequinha pode causar "efeito rebote" e a pele ficar ainda mais oleosa do que estava antes.

Uso mais ou menos uma vez a cada 2 semanas, quando sinto a pele oleosa demais. Quem tem espinhas pode se beneficiar em usar esse tipo de máscara com mais frequência, apenas na área afetada - umas duas vezes por semana no máximo.

Consultando o site agora, não achei a máscara na mesma embalagem, mas nessa aqui. Como eles não divulgaram a composição no site, não tenho certeza se é exatamente o mesmo produto. Imagino que no mínimo seja menos concentrada, devido ao formato da embalagem - essa do potinho é muito grossa para sair de uma bisnaga.

Gostei muito do produto, e é uma pena que elas não sejam transparentes na divulgação da composição, já que seria muito provável que eu comprasse uma nova quando a minha acabar. Mas com tanta opção de máscaras de argila parecidas no mercado, não vejo porque investir em um produto que eu nem sei o que é.

Alguém já usou essa ou a nova versão? Tem alguma indicação de máscaras de argila?

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Galactomyces Alcool-Free Toner

 Como estão nessa segunda-feira? Aqui está chovendo, e refrescou um pouco, o que é um alívio. Falando em refrescar, tem algo melhor no calor do que borrifar um skin care bem levinho no rosto? Desses que não deixa a pele nem um pouco grudenta, que absorve e some? Pois esse é o tônico de galactomyces da COSRX!


O que a marca diz sobre ele:

Cosrx Galactomyces Alcohol-Free Toner é um tônico facial que contém 10% de Galactomyces Ferment Filtrate (extrato de levedura fermentado),  um ingrediente único e inovador que ajuda a balancear o tom da  pele e refinar a sua textura. Galactomyces Ferment Filtrate junto com o Ácido Hialurônico, proporciona uma hidratação profunda, despertando a pele opaca e sem vida. 
Sua fórmula completamente sem álcool  nutre e hidrata a derme de dentro, com o uso regular, a pele torna-se mais brilhante, tornando-se mais jovem e mais uniforme.
As enzimas constituem um segredo ancestral nos produtos de cuidados com a pele na Coreia, este toner com fermento de Galactomyces, muito semelhante à nossa estrutura de pele, penetra nas camadas mais profundas para nutrir e retornar sua luminosidade à pele e vitalidade natural.
Ele melhora a barreira de umidade da pele, ajudando a protegê-la do estresse ambiental.
Em um estudo submetido ao Asian Journal of Beauty and Cosmetology, eles avaliaram os efeitos dos ingredientes cosméticos formados por essência contendo o filtrado do fermento de galactomyces nas melhorias da pele humana na queratinização, nos poros, na excreção de sebo, no brilho e na acne. 
É muito eficaz para equilibrar o nível de pH após a limpeza de pele. 

Vem uma embalagem bem grande, 150ml, com válvula spray. Muita gente aplica tônicos com algodão, mas eu acho um desperdício de produto: borrifo uma vez na testa e uma em cada bochecha, depois espalho dando batidinhas por todo o rosto (após lavar a pele). Ele absorve completamente, sem deixar qualquer rastro.

Por ser completamente líquido, transparente, e não deixar qualquer resíduo na pele, pode dar a sensação de que não faz nada... mas está longe disso! Com o uso contínuo, notei uma redução significativa na vermelhidão da minha rosácea, além de diminuir a inflamação de qualquer espinha eventual. A pele parece muito mais saudável e hidratada.


Claro que eu não utilizo ele sozinho, ainda aplico um serum hidratante e o hidratante em si por cima. Mas a inclusão nele na rotina otimizou ainda mais a eficácia dos outros produtos.

Além de 10% de Galactomyces, que é um probiótico que estimula as defesas naturais da pele, aumentando a proteção da barreira cutânea, o que previne o ressecamento da pele, e tem ação anti-inflamatória, ideal para peles sensíveis, também contem pantenol e ácido hialurônico, ótimos para a hidratação. 

Composição: Mineral Water, Galactomyces Ferment Filtrate, Butylene Glycol, 1,2-Hexanediol, Betaine, Panthenol, Allantoin, Sodium Hyaluronate, Cassia Obtusifolia Seed Extract , Ethyl Hexanediol.

O meu eu comprei no Mercado Livre, de um vendedor que traz vários produtinhos da Coréia, antes da pandemia e do dólar ir às alturas. Mas, notícias boas! Recentemente a marca começou a ser vendida oficialmente no Brasil! Este produto está disponível na The BeautyBox, do grupo O Boticário, por R$217. É bem mais do que eu paguei, a marca é bem acessível na Coréia, mas com o dólar no patamar atual e considerando as possibilidades de taxa de importação se comprar no Ebay, e as comissões pagas a quem trouxe o produto o produto pra vender no ML, o preço oficial no Brasil acaba se tornando interessante pra quem quer usar o produto - e eu não conheço nada com composição parecida nas marcas nacionais.

Alguém já usou esse ou outros produtos da marca? Sabiam que ela já estava sendo vendida aqui? Tem  alguma recomendação de tônicos nacionais apropriados para pele sensível?

terça-feira, 10 de novembro de 2020

BT Mermaid - Bruna Tavares

 Oi! Tudo bem com vocês? Espero que estejam aguentando firme nessa pandemia sem fim. Aqui está tudo tranquilo, e tenho aproveitado pra seguir firme e forte na rotina de skincare. Alguns produtos andam dando mais certo que outros, mas pra evitar o desperdício vamos adaptando - o que não deu certo no rosto pode ser ótimo pro pescoço, pra parte de trás das mãos...

Mas chega de blábláblá, hoje contar pra vocês sobre o BT Mermaid, o Elixir Hidratante da Bruna Tavares. Como da pra ver na foto abaixo, já está no final, estou usando já tem bastante tempo.


O que a marca diz sobre ele:

O BT Mermaid é um elixir facial, com textura leve, aquosa, rápida absorção e não aumenta a oleosidade, deixa a pele radiante, viçosa e energizada e pode ser aplicado como tratamento facial ou antes da maquiagem.

Contém Ácido Hialurônico, um ativo da ação rápida que confere hidratação máxima e duradoura; Ecoffea®, um ativo derivado do café que aumenta a produção de energia nas células e pérolas iridescentes, que deixa um glow natural e incrível na pele.

Dermatologicamente testado, pode ser usado em todos os tipos de pele. Fórmula vegana e cruelty free, livre de parabenos e sem fragrância.

Modo de usar: Aplique o BT Mermaid em seu rosto pela manhã e à noite. Pode ser usado sozinho ou combinado com outro cuidado para a pele. Use como primer. Pode ser usado antes da base, ajudando na fixação da mesma.

Pra começar, o conceito de Elixir complica um pouco as coisas... seria um serum de ácido hialurônico? um hidratante em gel? um primer hidratante? Embora a marca fale em poder ser usado como primer ou como tratamento, e de poder ser combinado com outros produtos, ela não é muito clara quanto a ordem recomendada de aplicação. Se for pra ser usado como um serum, é necessário usar hidratante por cima, já que o ácido hialurônico usado sem hidratante tende a ressecar a pele ao invés de hidratar. E quanto ao tão necessário protetor solar? Se for um primer, deveria ser aplicado depois do protetor, se for um serum ou hidratante, antes... entendem o que eu quero dizer? Rotular um produto como "multiuso" sem dar maiores explicações faz com que você acabe desperdiçando produto, testando de tudo quanto é jeito.

Ele é um gel bem fluído, perolado e "furta-cor", com várias partículas de brilho.


Composição: aqua, glycerin, polysorbate-20, polyacrylate crosspolymer-6, phenoxyethanol, caprylyl glycol, ci 77019, hydroxyethyl acrylate/sodium acryloyldimethyl taurate copolymer, sílica, disodium edta, cofeea arábica seedcake extract, ci 77891, hydrolyzed hyaluronic acid, potassium sorbate, sodium benzoate, polysorbate-60, sorbitan isostearate, benzyl alcohol.

Pela Glicerina, um ingrediente hidratante bem comum, presente na maioria dos produtos, mas ao mesmo tempo eficiente, da a entender que poderia sim ser usado sozinho, como hidratante. Mas, na minha pele, isso não funcionou: durante o inverno, trancada sem sair de casa e sem pegar sol, usei algumas vezes sozinho na pele durante o dia, e minha pele já estava que era só oleosidade lá pelas 16h. Quando a pele produz muita oleosidade assim, além do normal, normalmente é porque está com falta de hidratação, e tenta compensar produzindo óleo. Isso pra mim significa que sem nada por cima, na minha pele, esse produto não funciona.

Como eu tenho usado ele então? Com protetor solar por cima, com ou sem maquiagem depois. Ele ajuda o protetor a espalhar mais fácil, o que dá uma cobertura melhor e mais proteção. Por conter álcool, seca bem rápido, o que torna o processo de skincare da manhã rápido.

E por cima do protetor solar? Pra mim não funcionou, é muito "molhado", acaba removendo o protetor e fazendo uma meleca.

As partículas de brilho não achei que ficam visíveis na pele, só se procurar bem procurado... é um brilho bem discreto.

Resultado? Como falei, ajuda a espalhar o protetor solar... mas qualquer hidratante faz isso. Não me deu espinhas, nem mesmo quando utilizado sozinho, mas também não notei nenhuma alteração positiva na minha pele que possa ser atribuído a ele. Custando R$ 60 normalmente (o meu eu comprei na Black Friday da Sephora ano passado, acho que por volta dos R$ 40), não é extremamente claro, mas por ser um produto bem "básico" que não entrega nada de muito revolucionário e pode ser substituído por vários outros, o custo-benefício acaba não sendo dos melhores. Vou usar até o fim, mas vou comprar novamente? Não. Mas para um público jovem, que usa as maquiagens da Bruna mas não tem o costume de usar qualquer skincare, pode ser uma "entrada" interessante nesse mundo, já que por baixo da make, em uma pele sedenta por hidratação, pode sim ter bons resultados.


Alguém mais já usou? Gostaram? Tem alguma sugestão de produto parecido?